Assessoria de Imprensa

Assessoria de Imprensa
Assessoria e Marketing

sábado, 10 de março de 2012

Peça celebra 125 anos de Villa Lobos contando história de brilhante aluna do maestro



Espetáculo traz para o palco a trajetória de Margarida Schivasappa, artista que difundiu na Amazônia o legado do lendário músico brasileiro.


Nos idos de 1945, pela primeira vez, o Conservatório Nacional de Canto Orfeônico, dirigido, no Rio de Janeiro, por Heitor Villa Lobos recebia uma aluna vinda da misteriosa Amazônia. Uma brilhante musicista com nome de flor. Margarida Schivasappa foi uma das mais destacadas pupilas do criador das Bachianas. A trajetória da artista, sua relação com o maestro e seu decisivo papel na difusão do canto orfeônico na região Norte compõem o enredo do musical ACORDE MARGARIDA, que terá sua primeira temporada em Belém, de 15 a 18 de março. A peça é mais uma produção do premiado dramaturgo paraense Carlos Correia Santos. Realização da Companhia Teatral Nós Outros, o trabalho tem direção geral de Hudson Andrade, direção musical de Reginaldo Viana, assistência de direção de Luciana Porto e assistência de direção musical de Zé Neto. No elenco, Maíra Monteiro, Tiago de Pinho, Fernanda Barreto, Juliana Porto e Leoci Medeiros. As coreografias são de Waldete Brito. A cenografia e figurino foram concebidos por Néder Charone e a luz é criação de Sônia Lopes.


Elogiada por ícones da cultura nacional, como Bibi Ferreira, Henriette Morineau e Pschoal Carlos Magno, Margarida protagonizou um histórico notável junto a Villa Lobos. Recebeu do mestre grau máximo em execução musical, técnica vocal, solfejo, ritmo e assumiu com coragem e ousadia a missão de popularizar em terras amazônicas o ideal educacional defendido ferrenhamente pelo maestro e pelo então Presidente Getúlio Vargas. "A luta que Villa Lobos empreendeu para tornar o canto orfeônico uma ferramenta pedagógica motivou a primeira grande revolução educacional do Brasil. A técnica se tornou um disciplina curricular e trouxe o estudo musical para dentro da sala de aula de forma pioneira. As apresentações de canto orfeônico eram atos cívicos que reuniam verdadeiramente milhares de alunos em grandes espaços públicos. Villa Lobos regeu eventos desse segmento que se tornaram memoráveis. Margarida trouxe essa técnica para Amazônia e, assim, contribuiu para a formação de gerações e gerações de musicistas", explica Carlos.


A dramaturgia de Correia despertou atenção nacional. A peça está sendo lançada em livro pela Giostri Editora, de São Paulo. Para a construção do texto, o dramaturgo usou como livre fonte de inspiração o acervo do pesquisador nortista Antônio Pantojaque, ao longo de duas décadas, reuniu um precioso manancial de documentos sobre as relações que Schivasappa travou com Villa Lobos, Getúlio Vargas e outras grandes personalidades.


NA INTERNET


Grande homenagem à memória de uma época fundamental para os rumos da cultura brasileira, o projeto do musical ACORDE MARGARIDA mantêm um Blogcom textos sobre Villa Lobos, canto orfeônico e demais temas ligados ao universo de Schivasappa. A produção usa também o Facebook, o Twitter e o Youtube como estratégias de difusão e divulgação "A ideia é mostrar que as mídias sociais, mecanismos tão contemporâneos, podem também funcionar como disseminadores de informações sobre outros períodos histórico-culturais relevantes, como aquele em que viveram Margarida e seu famoso professor. No ano em que o maestro completaria 125 anos, estamos fazendo com que as novas gerações ligadas na internet conheçam melhor seu legado". (Os links estão abaixo)


ACORE MARGARIDA tem incentivo da Fundação Cultural do Pará Tancredo Neves onde se encontra um teatro batizado com o nome de Margarida Schivasappa. Uma das mais importantes da região Norte, a casa de espetáculos comemora 25 anos de fundação em 2012. O musical de Carlos Correia Santos conta ainda com apoio cultural do Grupo RBA, EKO Estratégias em Comunicação,Espaço Experimental de Dança, Giostri Editora, Gráfica D´Avila, INCRAe A Casa da Atriz. Quem assina a assessoria de comunicação e a criação de conteúdo do projeto é a Parla Página.


OS ENDEREÇOS ELETRÔNICOS:






Twitter: @acordmargarida


Vídeos no youtube:










Serviço: A primeira temporada de ACORDE MARGARIDA acontece de 15 a 18 de março, no teatro Cláudio Barradas, com sessões sempre às 20h

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.